nº 418 - Cemitério de Lunáticos 2



Autor: Ray Bradbury
Título original: Graveyard for Lunatics
1ª Edição: 1990
Publicado na Colecção Argonauta em 1992
Capa: A. Pedro
Tradução: António Porto

Súmula - Foi apresentada no livro nº417 da Colecção, com a indicação de "Ler nas páginas seguintes a súmula do próximo volume da Colecção Argonauta":

Um obra de Ray Bradbury é sempre um acontecimento e a garantia de qualidade fora do vulgar.
Claro que Cemitério de Lunáticos não foge a esta regra e o leitor penetra na Hollywood da década de 50, olhando, como Janus, tanto para o passado como para o futuro.
Quanto ao herói do romance, é um argumentista e um adorador das estrelas que, em 1954, na Noite das Bruxas, é convidado por uma mensagem anónima a deslocar-se ao cemitério de Green Glades a fim de descobrir "uma grande revelação": o cadáver, ou antes, uma reprodução perfeita de J.C. Arbuthor, falecido vinte anos antes...

Sem comentários:

Publicar um comentário