nº 363 - As Linguagens de Pao



Autor: Jack Vance
Título original: The Languages of Pao
1ª Edição: 1958
Publicado na Colecção Argonauta em 1987
Capa: A. Pedro
Tradução: Raul Sousa Machado

Súmula - Foi apresentada no livro nº362 da Colecção, com a indicação de "Ler nas páginas seguintes a súmula do próximo volume da Colecção Argonauta":

Não são muitas as obras de ficção-científica baseadas na influência da linguagem sobre o comportamento das pessoas. Uma é bem célebre - 1984, de George Orwell (não se diga que é um sacrilégio contar-se com 1984 como uma obra de FC, porque ela o é, em absoluto). Pense-se na Newspeak, a Novalíngua, idealizada para deformar conceitos e pensamentos. 
Outra obra que tem por tema a importância insuspeita da linguística - e muito citada pela sua invulgaridade - é As Linguagens de Pao, de Jack Vance. Imagine-se um povo dócil - tão dócil que é a mais fácil das vítimas, para os tiranos, para os piratas do espaço e para os comerciantes dos outros mundos.
Por fim, quando um bando de invasores da pior e mais impiedosa espécie se apodera do planeta, os último sobrevivente da Monarquia procura o apoio dos feiticeiros científicos do planeta Breakness.
A solução deles não tem precedentes na história da guerra. Depois de localizarem os motivos do servilismo do povo de Pao, iniciam um programa a longo prazo para mudar as suas características. Mas o feitiço volta-se contra os feiticeiros...

Sem comentários:

Publicar um comentário