nº 236 - Equipagem Espacial



Autor: Robert A. Heinlein
Título original: Have Space Suit, Will Travel
1ª Edição: 1958
Publicado na Colecção Argonauta em 1977
Capa: Manuel Dias
Tradução: Eurico da Fonseca

Súmula - Foi apresentada no livro nº235 da Colecção, com a indicação de "Ler nas páginas seguintes a súmula do próximo volume da Colecção Argonauta":

Robert A. Heinlein não é apenas o mais antigo e um dos melhores autores de ficção-científica. É um escritor multiforme. Desde os contos e novelas que constituem a sua História do Futuro e que, uma a uma, têm vindo a revelar o seu espantoso poder de previsão, não apenas no plano técnico mas também no da sociopolítica, até aquelas obras que ficaram na história geral da literatua, como Soldado no Espaço (nº129), Escala no Tempo (nº211), e Um Estranho Numa Terra Estranha (nºs 217-218-219), Heinlein tentou os mais diversos estilos, os mais diversos assuntos, e em todos eles se mostrou (e continua a mostrar) um mestre. 
Em Equipagem Espacial - no original, Have Space Suit, Will Travel -, e segundo a crítica insuspeita do New York Times, Heinlein usa a imaginação como se esta fosse um fato talhado especialmente para ele. O que torna o seu trabalho tão rico é o seu vivo sentido criativo, juntamente com um estilo que é literário, informado e excitante. Equipagem Espacial transporta o leitor através do universo na companhia de Kip Russel, cuja ambição é ir à Lua, e a sua inesperada companheira de viagem, Peewee Reisfeld, uma garota de dez anos que é um verdadeiro génio e que tem um pendor para criar problemas que é, pelo menos, igual ao seu quociente de inteligência. Quando os dois se juntam com uma criatura estranha de vastas capacidades, chamada simplesmente a Coisa Mãe, contra certos intrusos conhecidos como os Vermes, o leitor é lançado numa fantasia efervescente - mas por vezes muito sóbria.

Nota: um dos livros que mais li e gostei na Colecção Argonauta. Aventuras espaciais muito imaginativas e divertidas, que dariam sem dúvida um bom argumento para a realização de um filme.

Sem comentários:

Publicar um comentário